Até amanhã.

A Vida é realmente irónica. Diria que muitas vezes brincalhona. Tanto quis sair dali, tanto quis voltar para casa, tanto quis deixar aquele “sitio” para trás.
Passado estes anos, percebo que afinal, naquele “sitio” estava a começar uma nova vida e uma outra história.

Hoje conheci o chamado” jardim”. E foi aí que te encontrei. No “jardim” que nem sabia que existia. O tempo que ali estive a conversar e a ouvir-te, passaram-me mil e uma coisas pela cabeça. Vieram memórias nebuladas, apareceram as imagens turvas…mas também veio mais uma vez uma certeza : Vais vencer-te a ti própria, e disso não tenho duvida alguma.

Não tenho muitas palavras para te dizer ou para te escrever. Hoje faltam-me as palavras talvez por as ter deixado bem ali ao lado para quando acordares amanhã.
Sim amanhã é o Teu dia. E sim, vai tudo correr bem. Nunca duvides disso.

E se até lá te apetecer chorar, chora. Não tem mal chorar. Não tem mal ter medo.
Chorar é terapêutico.
Até entrares, sente tudo, chora tudo.
Sentes, chora. Dói, chora. Emocionas-te, chora. Não te assustes, é normal.

Amanhã, faz ligação directa com o coração. Tens uma” multidão” a torcer por ti e acredita que, vamos todos estar ligados contigo. Como li algures uma vez “ Há pensamentos que são orações: Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a Alma está de joelhos”

“E naquele dia que se aproxima, vais acordar, abrir os olhos, e vais perceber que te venceste a ti própria….e essa é a tua maior vitória.” – lembras-te?

Até amanhã

Xi <3