Nunca te percas de ti

“Estima-se que em Portugal os traumatismos cranianos ligeiros tenham uma incidência de 135/100.000 habitantes /ano.

O Traumatismo Crânio Encefálico ligeiro (TCE) atravessa estratos sociais, não se importa com o sexo, religião ou classe. Ninguém está imune à possibilidade da ocorrência deste evento.

As sequelas não visíveis, psicológicas/emocionais e cognitivas são um desafio enorme podendo muitas vezes perdurar meses, anos ou para toda a vida.

A Associação Movimentos e Olhares – Nunca te percas de ti abraçou este desafio…mostrar o que não se vê…segurar a mão do outro com o ouvido…

Terminamos o ano com um forte sentimento de dever cumprido.

Agradecemos a todos as Mãos Estendidas, os Sorrisos Abertos, os Abraços Apertados, as Palavras de Apoio… o vosso Acreditar. Uma atitude pode mudar uma história.

À Câmara Municipal do Porto – Domus Social e à Câmara Municipal de Matosinhos – Adeima….Obrigada por Acreditarem!

 

É com este sentimento especial que, em meu nome e em nome da Movimentos e Olhares, vos desejo um Santo Natal e um 2018 cheio de concretizações pessoais e profissionais.

 

 

P.S. Permite-te ser. Apenas isso…ser.

Um dia vai dar certo (acredita) e tu vais entender tantas de tantas coisas… vais carregar contigo muito mais de ti do que imaginas…vais carregar aos ombros bagagem que não te vai pesar mais.

Nunca te esqueças, ainda é muito cedo para ser tarde demais.

Um abraço.

Inês Fonseca

 

Fonte: Rede referenciação Hospitalar Neurocirurgia (RRH)

Fotografia: Movimentos e Olhares

#traumatismocranioencefalico
#traumatismocraniano
#TCE