Realidades de um Traumatismo Crânio Encefálico Ligeiro

Poucas pessoas entendem as realidades “escuras” por trás de um Traumatismo Crânio Encefálico Ligeiro. Nos próximos artigos vamos falar sobre esta questão, e ver 5 razões pelas quais esta experiência é tão difícil em todas as áreas.
Alertar, sensibilizar e ajudar.

 

O Traumatismo Crânio Encefálico ( TCE) é definido como uma lesão cerebral profunda, que apresenta quase sempre um dano neurológico provocada por um traumatismo.
Frequentemente são as alterações físicas aquelas a que se dá um maior destaque. No entanto, o impacto de um TCE, nomeadamente ligeiro, apresenta-se como sendo muito mais profundo, verificando-se alterações significativas a nível psicológico, cognitivo, social e profissional. Os TCE Ligeiros são os mais frequentes e os mais ignorados nomeadamente, porque muitas vezes nem necessitam de internamento hospitalar, já que o doente recupera rapidamente da breve perda de conhecimento ou da sonolência que o impacto provocou.
Este cenário leva a uma perda repentina da qualidade de vida, afectando não só a pessoa com TCE ligeiro como também os cuidadores informais ( família ), sendo que não existe medicação eficaz para tratar os sintomas que a seguir se descrevem.

 

  1. Dores de cabeça constantes, fadiga, impulsividade e outras dores físicas/ cognitivas

Antes de entrar nos desafios mentais e emocionais de um TCE Ligeiro, vale a pena analisar algumas dores físicas associadas e/ou alterações cognitivas. Aqui está uma lista de sintomas físicos e/ou cognitivos que podes ter nas semanas e meses (até anos) que seguem um TCE Ligeiro:

Dores de cabeça

Sentimentos de pressão na cabeça

Dor atrás dos olhos

Tontura

Fadiga

Sensibilidade à luz e ao ruído

Défice de atenção, concentração e memória

Confusão

Impulsividade

Uma coisa que muitas vezes não é discutida é a lesão secundária que pode resultar da lesão inicial. Todas as áreas do teu corpo estão ligadas e, quando uma área é afetada, pode enviar um efeito de dominó para outras áreas. Depois de meses a recuperar da lesão inicial podem aparecer problemas relacionados com o pescoço, ombros e costas (contraturas e dores fortes).

Tão desconfortáveis como estes sintomas físicos, e estes são, diríamos que os mais fáceis de um TCE ligeiro, são os obstáculos mentais e emocionais que causam “lesões” na cabeça tão difíceis.